terça-feira, 15 de novembro de 2011

Prunãocieixãnes

Durante o meu ano em terras da rainha eu fui "Sérâ Hrice".

Não demorei muito a aperceber-me que os ingleses simplesmente não têm a destreza vocal para pronunciar um 'r' marcado e fazer o som 'x' onde existe um 's'. "Reich" era o que deviam dizer, saía sempre algo parecido com "reese". O Sarah nem nunca me dei ao trabalho de corrigir.

E quando tive de telefonar para vários serviços e mudar moradas para receber os últimos pagamentos de luz e telefone cá em Portugal? Ui, Jesus. Uma coisa é certa, fiquei pró a soletrar.

Tenho noção que nem tenho o pior dos nomes em termos de pronunciação inglesa. O D. na ilha sempre foi Diego... Entender que existem famílias de línguas diferentes eles lá entendem. Agora entender que dentro da mesma família de línguas, neste caso latinas, existem diferenças de pronúncia já é esperar demasiado. Portanto, sim, a violação da pronúncia dos nossos nomes foi uma constante e um dado adquirido nos nossos meses enquanto emigrantes.

Por isso quando agora, após mais de um ano, a King's me pede para a informar como é que se pronuncia corretamente o meu nome - inteiro! - é natural que eu fique sem jeito. E que me apeteça gargalhar muito.


Há medo que os oradores não consigam ler a lista dos alunos presentes? Há.

Há medo que os alunos presentes não consigam perceber quando os estão a chamar? Há.

Mas sinceramente não percebo porquê. Durante um ano inteiro de aulas os alunos internacionais como eu tiveram mais do que tempo suficiente para se habituarem a ouvir as formas vilipendiadas dos seus nomes na pronúncia inglesa. Acham que seria numa cerimónia de formatura, onde está tudo de ouvido à coca, que alguém não iria perceber quando estão a chamar por nós?

Eu pessoalmente tenho medo é de ouvir a versão original em bocas inglesas. Tenho medo de aí sim, por ser tão claro o meu nome e estar tão fora do contexto de que eu não me aperceba que me estão a chamar a mim e continuar à espera que chamem uma Sarah Reese em vez de uma Sarah (mais uma vez, nem me ralei) Ra-KEL Seal-va Rei-SH.



S.

Sem comentários:

Publicar um comentário